Corinthians vence na estreia do Mundial de Clubes da FIFA, mas leva sufoco do “poderoso” Al-Ahly

Corinthians-Guerrero-Mundial-Al-Ahly-FuteRock

Por Charley Gima

A estreia do Corinthians no Mundial de Clubes no Japão começou de forma tímida e nervosa, jogando em Toyota contra o time egípcio Al-Ahly, que havia derrotado o Hiroshima, time da casa, nas quartas de final.

O jogo foi burocrático, com os dois times tentando se acertar em campo nos primeiros 30 minutos, com o Corinthians não conseguindo o tão falado “abafa” dos primeiros 15 minutos, com Tite inclusive trocando Sheik e Danilo de suas posições iniciais para dar mais movimentação ao time. E foi a partir de um escanteio que Douglas, aproveitando a sobra após bater o escanteio, cruzou na medida para cabeçada de Guerrero, fazendo o primeiro gol do Corinthians no Mundial. Guerrero era dúvida por ter lesionado o joelho no último jogo do Brasileirão, na derrota para o time reserva do São Paulo, mas o gol mostra que o atacante está totalmente recuperado para alegria da Fiel, marcando este gol histórico mesmo empurrando o zagueiro antes de cabecear, falta que não foi apitada pelo juiz.

Após o gol, a bola continua sendo trabalhada pelo Corinthians, que até aquele momento tinha 66% de posse de bola, contra 34% do Al-Ahly. Nenhuma outra jogada de ataque foi protagonizada por nenhum dos dois times, sendo marcado somente 15 faltas no primeiro tempo, sendo 8 do Al-Ahly e 7 do Corinthians. E assim terminou o primeiro tempo.

O Corinthians voltou parecendo querer definir o jogo, com Emerson dando um chute a gol logo a 2 minutos de jogo. Na cobrança do escanteio Paulinho cabeceia pra fora. Mas foi só. Apesar de ser um time fraco tecnicamente, o Al-Ahly passou a dar as caras no jogo e correr atrás do empate. Mas a sorte não estava do lado africano. Logo aos 10 minutos, após cobrança de tiro de meta, o goleiro Ekramy, do Al-Ahly, sentiu a coxa e cogitou-se até sua substituição, mas o goleiro, após 3 minutos de atendimento, ficou em campo, mesmo “baleado”.

Essa parada esfriou o jogo, que voltou a ser aquele jogo truncado com toques no meio de campo e na intermediária defensiva, sem que nenhuma das equipes levasse perigo ao gol adversário, até que Rabia assustou Cássio num chute de fora da área aos 17 minutos. Logo após esse susto, Ekramy foi substituído por Abou Elseoud.

Aos 20, o Corinthians levou outro susto, quando Fathi recebeu de Aboutrika pela direita e chutou rente a trave, com a bola batendo na rede pelo lado de fora. Aos 27 outro susto! Aboutrika chuta de fora e a bola é desviada para escanteio. No minuto seguinte Paulinho recebe na entrada da área mas perde a chance de ampliar. Paulinho não está jogando tudo o qura sabe, assim como todo o time do Corinthians.

Vendo o time tomar sufoco, Tite resolveu mudar aos 30, colocando o aniversariante Romarinho no lugar de Emerson Sheik. Aos 34 sai Tufão, ops, Douglas, para a entrada de Jorge Henrique. As alterações não surtiram efeito e o Corinthians passou a jogar todo encolhido e retrancado, como um time pequeno diante do “poderoso” Al-Ahly, tomando pressão a todo instante. Prova disso é que a posse de bola passou a 50% pra cada lado.

Não me admira esse time do Corinthians ter perdido para o time reserva do São Paulo! Pelo que mostrou no jogo de hoje no mundial, pode vir tanto Chelsea ou Monterrey que, se o Corinthians não for mais objetivo, o sofrimento vai ser muito, mas muito maior pro torcedor da Fiel!

Clique e veja o gol de Guerrero no Mundial- Corinthians X Al-Ahly

FICHA TÉCNICA:
AL AHLY 0X1 CORINTHIANS

Estádio: Toyoya Stadium, Toyota (JAP)
Data/hora: 12/12/2012 – 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Marco Rodrígues (MEX)
Auxiliares: Marvin Torrentera (MEX) e Marcos Quintero (MEX)
Público: 31.417 pagantes
GOL: Guerrero, aos 29’/1ºT (0-1);

AL AHLY: Ekramy (Abou, aos 19’/2ºT), Fathi, Gomaa, Nagiob e Kenawi; Rabia, Ashour, Soliman e Said (Aboutrika, aos 9’/2ºT); Hamdij e Gedo (Meteab, aos 34’/2ºT). Técnico: El Badry.

CORINTHIANS: Cássio, Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo, Douglas (Jorge Henrique, aos 34’/2ºT) e Emerson Sheik (Romarinho, aos 29’/2ºT); Guerrero (Guilherme Andrade, aos 46’/2ºT). Técnico: Tite.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s