São Paulo perde para o Arsenal e se complica na Libertadores

Osvaldo-Arsenal-São-Paulo

Por Charley Gima

O São Paulo foi até a Argentina e voltou com uma derrota para o Arsenal de Sarandi na bagagem, por culpa exclusivamente dos jogadores e do técnico Ney Franco, que conseguiram perder 4 pontos para o pior time da chave.

O jogo começou intenso e bem movimentado, com os dois times procurando o ataque. Apesar da ausência de Luis Fabiano, Aloisio conseguiu cavar seu espaço na defesa adversária, fazendo bem o pivô entre os zagueiros argentinos. Mas o primeiro tempo terminou sem gols.

O segundo tempo começou igual ao primeiro e os goleiros se destacavam. Campestrini, goleiro do Arsenal, estava inspiradíssimo e salvou o time  de Sarandi! Com isso Ortiz abriu o placar ao chutar forte um bola rebatida três vezes. logo em seguida Aloísio deixou sua marca ao empatar com um gol de cabeça. O atacante tricolor ainda teve a chance de desempatar, mas ao driblar o goleiro a bola correu mais que o devido e o zagueiro tirou em cima da linha.

Como diz o ditado popular do futebol, “quem não faz toma”,o Arsenal de Sarandi veio pra  cima e num chute da entrada da área de Bragheli conseguiu ficar novamente em vantagem.

E assim terminou o jogo, e quem sabe, o ciclo de Ney Franco no São Paulo.

O tricolor paulista, mantém a segunda posição devido ao saldo de gols, mas pega agora duas pedreiras pela frente: The Strongest, na altitude da Bolívia, e o líder Atlético-MG, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA:

ARSENAL (ARG) 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Júlio Humberto Grondona, em Avellaneda (ARG)
Data/Horário: 13/3/2013, às 21h30
Árbitro: Omar Ponce (ECU)
Assistentes: Luis Alvarado e Byron Romero

Renda e público: não divulgados
Cartões amarelos: Jadson, Douglas (SAO)
Cartões vermelhos: –
GOLS: Ortiz, aos 20’/2ºT (1-0)/ Aloísio, aos 26’/2ºT (1-1); Braghieri, aos 39’/2ºT (2-1)

ARSENAL (ARG): Campestrini, Gerlo, López, Braghieri e Pérez; Carbonero, Ortiz, Marcone e Rolle (Aguirre – 14’/2ºT); Benedetto (Celiz – 27’/2ºT) e Furch. Técnico: Gustavo Alfaro.

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Lúcio (Ganso – 10’/2ºT), Rafael Toloi e Edson Silva; Douglas (Maicon – 10’/2ºT), Rodrigo Caio, Denilson (Wallyson – 41’/2ºT), Jadson e Cortez; Osvaldo e Aloísio. Técnico: Ney Franco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s