Venda de Dedé é barrada pela Fazenda Nacional que cobra dívida do Vasco

Dedé-Cruzeiro-FuteRock

Por Charley Gima

O Cruzeiro apresentou zagueiro Dedé como o grande reforço da temporada, mas a transação pode ser desfeita pela Fazenda Nacional, que cobra do Vasco uma dívida de 200 milhões de Reais.

 Um oficial de justiça entregou em São Januário, e no FERJ, um mandado de segurança que proíbe a transferência dos direitos federativos do defensor até que o clube cruzmaltino consiga quitar parte da dívida com a Fazenda. O Vasco vem tentando renegociar esta dívida oferecendo um parcelamento de 20 anos de duração com as prestações não superiores a R$ 100 mil.

Pelo lado do jogador, Dedé estaria sendo orientado a entrar na Justiça do Trabalho contra a decisão para que não possa ser impedido de exercer sua profissão.

Vemos assim mais um capítulo da bagunça do futebol brasileiro, país sede da próxima Copa do Mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s