Palmeiras perde para o Tijuana e dá adeus à Libertadores

Palmeiras-Tijuana-Libertadores-FuteRock

Por Charley Gima

A bola pune! Dito isso, não há como negar que o Palmeiras foi punido pela bola neste segundo jogo das oitavas de final da Libertadores, contra o fraquíssimo Tijuana do México.

O torcedor fez sua parte e lotou o Pacaembu, com 36 mil torcedores esperando ver aquele time cheio de raça, que vence e encanta pela superação e não pela técnica. Mas não foi isso que o Palmeiras mostrou em campo, e o resultado foi a eliminação da Libertadores perdendo o jogo em casa por 2X1, sendo esta a única derrota como mandante na competição.

Apesar do placar e dos dois gols que marcaram, o Tijuana não jogou o que não sabe para vencer o Palmeiras. Pelo contrário, postou-se bem em campo, foi guerreiro e armou-se taticamente de forma a ocupar os espaços quando o Palmeiras tinha a bola. Isso dificultava a criação do alvi-verde, que começou o primeiro tempo levando um susto, quando o goleiro Bruno falhou no chute fraco de Riascos, aos 26 minutos, baixando o ânimo da torcida e dos demais jogadores do Palmeiras, já que o empate com gols, daria a classificação ao Tijuana.

Bruno-Palmeiras-frango-FuteRock

Voltaram pro segundo tempo dispostos a virar o placar, mas foi o Tijuana quem ampliou, num chute forte de Arce, de fora da área, logo aos 6 minutos. Sousa diminuiu dez minutos depois, batendo um pênalti inexistente, mal marcado pel árbitro, dando uma ponta de esperança pra torcida, que ainda viu um gol legítimo de Kléber ser também mal anulado, com o bandeira marcando impedimento do atacante, que estava sim em posição legal.

Mas o jogo ficou nisso e o Tijuana volta classificado para o México. O time enfrenta agora o Atlético-MG pelas quartas de final da Libertadores, com o primeiro jogo sendo realizado em Tijuana.

O que ficou claro é que não foi o Tijuana que se classificou, foi o Palmeiras que, como no filme Tropa de Elite, pediu pra sair!

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1  X  2 TIJUANA (MEX)

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 14/5/2013 – 22h00
Árbitro: Juan Soto (VEN)
Auxiliares: Jorge Urego (VEN) e Carlos Lopes (VEN)

Renda/Público: R$ 1.898.377,50/34896 total
Cartões Amarelos:
 Tiago Real, Charles, Kleber, Vinícius, Henrique (PAL); Castillo, Pablo Aguiar, Ruiz, Nuñes, Riascos, Arce (TIJ)
Cartões Vemelhos: Aguilar (TIJ)
GOLS: Riascos, 26’/1ºT (0-1); Arce, 6’/2ºT (0-2), Souza, 16/2ºT (1-2)

PALMEIRAS: Bruno; Ayrton, Maurício Ramos, Henrique e Marcelo Oliveira (Juninho – 26’/2ºT); Márcio Araújo, Charles (Maikon Leite – 8’/2ºT), Wesley (Souza – intervalo) e Tiago Real; Vinicius e Kleber. Técnico: Gilson Kleina.

TIJUANA: Saucedo; Ruíz, Aguilar, Gandolfi (Ortiz – 27/2ºT) e Castillo; Pellerano, Arce, Corona (Madueña – 21/2ºT) e Riascos; Fidel Martínez (Taihulan – 29/2°T) e Nuñez. Técnico: Antonio Mohamed.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s