Itália sofre para vencer o Japão em Recife

Japão-Itália-Copa-das-Confederações

Por Charley Gima

O melhor jogo da Copa das Confederações foi realizado em Recife entre Japão e Itália! E a Itália, contrariando todas as apostas deste jogo, sofreu para vencer o Japão, que começou fazendo 2X0 na Azurra, ainda no primeiro tempo, mas tomou o primeiro gol antes do intervalo. Foi bonito ver um Japão com mais qualidade do que o jogo de estreia, com muita movimentação, velocidade, jogadas laterais e passes precisos que colocaram a Itália na roda. No segundo tempo a torcida chegou até a gritar “Olé” quando o Japão tocava a bola e os italianos apenas corriam atrás da Cafusa.

A Itália chegou ao empate no começo do segundo tempo quando Giaccherini aproveitou bobeira da zaga e cruzou na pequena área, e Uchida marcou contra, empatando o jogo. Dois minutos depois o árbitro marcou injustamente um pênalti contra os japoneses, quando a bola tocou involuntariamente na mão do zagueiro nipônico, após desviar em sua própria perna. Balotelli bateu e converteu, virando o jogo para a Itália.

O Japão não baixou a cabeça e foi pra cima da Azurra tentando o empate! E não é que conseguiu? Okasaki se antecipou aos zagueiros italianos e marcou o gol de empate de cabeça! Mas faltando poucos minutos para o final Giovinco fez o gol da vitória, para desespero dos japoneses, que viam sua eliminação cada vez mais perto.

O Japão partiu pra cima novamente e chegou a acertar uma bola na trave de Buffon, aos 43, e no rebote foi marcado impedimento do atacante ao marcar o gol.

Com esse resultado a Itália se classifica ao lado do Brasil e o Japão se abraça ao México e deixam a competição com duas derrotas seguidas para ambas equipes.

FICHA TÉCNICA

ITÁLIA 4 X 3 JAPÃO

Local: Arena Pernambuco, em Recife (PE)
Data e hora: 19 de junho de 2013, às 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Diego Abal (ARG)
Auxiliares: Juan Pablo Belatti (ARG) e Hernán Maidana (ARG) 
Renda e público: 40.489 pagantes
Cartão Amarelo: Buffon, De Rossi (ITA); Haseb, Konno (JAP)
Cartão Vermelho: – 
Gols: Honda, 21’/1ºT (0-1); Kagawa, 32’/1ºT (0-2); De Rossi, 41’/1ºT (1-2); Ushida (contra), 5’/2ºT (2-2); Balotelli, 7’/2ºT (3-2); Okazaki, 24’/2ºT (3-3); Giovonco, 40’/2ºT (4-3)

ITÁLIA: Buffon, Maggio (Abate, 12/2ºT), Barzagli, Chiellini e De Sciglio; De Rossi, Pirlo, Montolivo, Aquilani (Giovinco, 29’/1ºT) e Giaccherini (Marchisio, 23’/2ºT); Balotelli. Técnico: Cesare Prandelli 

JAPÃO: Kawashima, Uchida (Sakai, 26’/2ºT), Yoshida, Konno e Nagamoto; Haseb (Nakamura, 45’/2ºT), Endo, Honda e Kagawa; Okazaki e Maeda (Havenaar, 32’/2ºT). Técnico: Alberto Zacheronni

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s