The Winery Dogs arrasa em show energético em São Paulo

The- Winery- Dogs-Sheehan-Portnoy-Kotzen-FuteRock

Por Charley Gima

The Winery Dogs é uma super banda formada por Mike Portnoy (ex-DreamTheater / Avenged Sevenfold), Billy Sheehan (ex-Mr. Big) e Richie Kotzen (ex- Poison / Mr. Big), que juntos mostram a química perfeita dentro do Rock N´Roll, misturando vários estilos dentro do Rock, desde o Blues até o mais progressivo, passando é claro pelo hard Rock, sem deixar o feeling de lado, fazendo com que as músicas soem de forma que todos possam senti-la, é realmente algo indescretível!

The- Winery- Dogs-Billy -Sheehan-FuteRock The- Winery- Dogs-Richie-Kotzen-FuteRock

Foi exatamente isso que pudemos conferir nesta noite fria de São Paulo, no Carioca Club, que estava lotado, apesar do clima desfavorável e do horário do show, 19hs, o que é um duro golpe pra quem mora ou trabalha longe de Pinheiros, já que o trânsito de fim de tarde de sexta-feira em São Paulo é algo próximo de estar no inferno sem sentir o cheiro de enxofre…

Mas conseguimos driblar este problema e chegamos no horário, para poder ver as peripécias do excelente trio de músicos que estavam no palco. A casa é pequena, e é gratificante poder presenciar de tão perto três artistas juntos dividindo o palco mostrando que estão lá porque gostam do que fazem, afinal todos já fizeram extensas turnês mundiais lotando arenas e estádios!

The- Winery- Dogs-Mike-Portnoy-FuteRock

Os fãs agradecem e vibram a cada nota deste show, que foi centrado no trabalho do The Winery Dogs, sem  necessidade de tocarem covers de suas ex bandas. E, mesmo o CD ainda não ter sido lançado no Brasil, os fãs conheciam as músicas e participaram de todo o set. Era visível a felicidade de Sheehan, Portnoy e Kotzen, ao receber a resposta do público paulistano!

O solo de bateria, que geralmente aproveito pra beber algo ou ir ao banheiro, por incrível que pareça, foi curto e bem interessante! Billy Sheehan fez um solo mais demorado, mas mostrando toda sua técnica e competência no baixo, chegando até a fazer um scratch no baixo, como se fosse um DJ! Esse cara com certeza não é deste planeta! Kotzen,por sua vez, pegou um violão elétrico e cantou Stand sozinho no palco, para logo em seguida mandar ver Shine, do Mr. Big, já com a banda de volta e a guitarra nos braços. É difícil saber o que ele faz melhor, cantar ou tocar! Qual a sua opinião a respeito de Kotzen?

Os três músicos do The Winery Dogs, provaram que pra fazer um bom show, com uma boa música, não precisa de parafernálias tecnológicas e backing vocals dançarinas, é necessário apenas bons músicos que saibam tocar bem seus instrumentos!

The- Winery- Dogs-Richie -Kotzen- solo The- Winery- Dogs-Mike-Portnoy-FuteRock

O único senão da noite ficou a cargo da luz de palco, que deixou a desejar… Teve até um “momento bizarro” quando Portnoy teve que ir no microfone pedir para o técnico de luz da casa “baixar” a luz de palco e focar em Kotzen, que estava no piano elétrico pra fazer a sua parte.

A galera foi ao delírio quando a luz de palco se apagou e Sheehan caminhou até Kotzen, apontando para que a luz se acendesse nele!

Mas tudo bem, isso faz parte do Rock N´Roll!!! As imperfeiçoes de um show ao vivo fazem a perfeição do espetáculo!

E parabéns à produtora Free Pass por acreditar nesta banda e investir em shows de artistas como o The Winery Dogs!

Gravei o vídeo de “Criminal” ao vivo neste show, espero que gostem! E ouça as músicas do The Winery Dogs na programação da Rádio Rock Freeday 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s