Furacão vence o Tricolor e mantém o Campeonato Brasileiro aberto

Atlético- Paranaense- x- Sao- Paulo -FuteRock

Por Charley Gima

O Furacão segue no encalço do líder Cruzeiro, e vence o São Paulo jogando na Vila Capanema, em Curitiba, continuando a 13 pontos do líder, faltando agora cinco jogos para o fim do campeonato, totalizando 15 pontos em disputa. Um fator contra o Atlético-PR é que destas cinco últimas partidas, as duas “em casa” serão disputadas em Joinville, devido a perda de campo no Brasileiro.

O Tricolor, diante desta derrota, perde uma série invicta de 10 jogos, sendo sete pelo brasileiro e 3 pela Sul-americana, continua com 46 pontos, mantém-se longe da zona de rebaixamento e a 4 pontos do G4.

O Furacão mostrou porque está na segunda posição no campeonato, com um ótimo entrosamento e velocidade nos contra ataques, chegando aos 3X0, adiando a comemoração dos cruzeirenses, que, mesmo com a vitória diante do Grêmio, ainda não pode se considerar matematicamente campeão, apesar de ser  praticamente impossível tirar esse título de campeão do Brasileiro de 2013 do Cruzeiro. Para isto acontecer seria preciso que o time mineiro perdesse todos os cinco jogos restantes e o Furacão vencesse seus cinco últimos jogos.

Paulo Baier, apesar dos 39 anos de idade, continua jogando muito e comanda o ataque do Furacão. Outro destaque do ataque paranaense é Marcelo, que marcou um golaço ao matar a bola no peito e chutar de primeira, sem chances para Rogério Ceni. E não podemos deixar de citar Éderson, o artilheiro do campeonato Brasileiro, que também marcou seu gol, o décimo sétimo do jogador.

Quem vê só o placar pode pensar que o São Paulo jogou mal e permitiu o Atlético mandar no jogo, mas não foi bem assim. O Tricolor não jogou mal, chegando a ter 65% de posse de bola, mesmo quando o placar mostrava 2X0 para o Atlético-PR. O placar deve-se todo ao time do Furacão, que teve todos os méritos na conquista deste placar elástico.

Resta ao Furacão seguir vencendo e secar o Cruzeiro no campeonato Brasileiro, isso para conquistar o título, pois o vice campeonato já está bem encaminhado, e a consequente vaga para a Libertadores de 2014.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-PR 3×0 SÃO PAULO

Estádio: Durival Britto, em Curitiba (PR)
Data/hora: 10/11/2013 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Paulo H. Godoy Bezerra (COL)
Auxiliares: Marcio E. S. Santiago MG) e Nadine S. Bastos (SC)
Renda/público: R$ 223.960,00/12.754 pagantes
Cartões amarelos: Everton, Éderson e Manoel (ATL); Paulo Miranda (SAO).
Cartões vermelhos: Nenhum.
GOLS: Marcelo, aos 12’/1ºT; Luiz Alberto, aos 26’/1ºT; Éderson, aos 12/2ºT.

ATLÉTICO-PR:  Weverton; Léo, Manoel, Luiz Alberto e Juninho; Bruno Silva (Deivid, 35/2ºT), João Paulo, Everton e Paulo Baier; Marcelo (Dellatorre, aos 24/2ºT) e Éderson (Ciro, 38/2ºT). Técnico: Vágner Mancini.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Reinaldo; Denilson (Osvaldo, no intervalo), Maicon (Wellington, 31/2ºT), Douglas e PH Ganso; Ademilson e Aloísio (Welliton, aos 23/2ºT). Técnico: Muricy Ramalho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s