Espanha perde do Chile e dá adeus à Copa

Espanha x Chile (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)

Por Charley Gima

Uma das maiores decepções da Copa com certeza foi a fraca atuação da Seleção da Espanha, que perdeu os dois jogos que disputou, tendo um saldo negativo de menos seis gols! Após levar um chocolate da Holanda no primeiro jogo, perdendo por 5X1, neste jogo contra o Chile a Fúria não se encontrou em campo e perdeu por 2X0, com gols de Vargas e Aránguiz, ambos no primeiro tempo.

Uma nota triste sobre a torcida chilena foi o tumulto gerado antes do jogo, quando arrebentaram um portão do Maracanã, o portão 9, e invadiram o estádio e a sala de imprensa. Cerca de 80 torcedores foram detidos. Dentro do Maracanã alguns torcedores chilenos invadiram o gramado.

Chilenos provocam tumulto e invadem gramado do Maracanã (Foto: Paulo Sérgio/ LANCE!Press)

Mas vamos ao jogo. O Chile entrou em campo sem seu camisa 10Valdívia começou no banco e nem sua ausência motivou a Espanha a vencer este jogo de vida ou morte, pois se perdessem novamente seriam desclassificados. Mas o Chile tomou conta da partida e fez o que quis da Espanha!

Xabi Alonso, Iniesta e Diego Costa não foram páreos para Mena, Aránguiz e Vargas, que com a ajuda do goleiro Bravo, venceram a Espanha e não deixaram o famoso Tiki Taka fazer a festa no Maracanã, estádio que não traz sorte para a Espanha.

Chile pega agora a Holanda, ambas já classificadas, e deste confronto sairá o possível adversário do Brasil, caso a Seleção Brasileira faça a sua parte e vença o próximo jogo contra Camarões.

Chi, chi, chi, le, le, le, Chile, Chile! Adios Espanha!

FICHA TÉCNICA

ESPANHA 0 x 2 CHILE

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/Horário: 18/6/2014, às 16h (Horário de Brasília)
Árbitro: Mark Geiger (EUA)
Assistentes: Mark Hurd (EUA) e Joe Fletcher (EUA)
Cartões amarelos: Xabi Alonso (ESP); Vidal, Mena (CHL)
Cartões vermelhos:
Gols: Vargas, 19’/1ºT (0-1); Aránguiz, 43’/1ºT (0-2)

ESPANHA: Casillas; Azpilicueta, Javi Martínez, Sergio Ramos, Jordi Alba; Xabi Alonso (Koke, Intervalo), Busquets; Pedro (Cazorla, 30’/2ºT), Silva, Iniesta; Diego Costa (Fernando Torres, 18’/2ºT). Técnico: Vicente del Bosque.

CHILE: Claudio Bravo, Jara, Silva e Medel; Mena, Aránguiz (Gutiérrez, 18’/2ºT), Díaz, Isla e Vidal (Carmona, 41’/2ºT); Vargas (Valdívia, 38’/2ºT) e Sánchez. Técnico: Jorge Sampaoli.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s