Goleada histórica da Alemanha tira o Brasil da final da Copa

Home - Brasil x Alemanha - Torcedora

Por Charley Gima

A Alemanha se credenciou para a final da Copa aplicando uma goleada histórica sobre o Brasil, vencendo a Seleção Brasileira por 7X1, sendo cinco gols sido marcados somente no primeiro tempo!

A maior dúvida antes do início da partida era quem seria o substituto de Neymar e como o Brasil entraria em campo, já que dependendo do jogador que substituísse o camisa 10 da Seleção Brasileira, a formação tática poderia ser mantido ou alterado.

Bernard, o garoto que tem alegria nas pernas, foi o escolhido para esta missão, mas a escolha provou-se errada logo no começo do primeiro tempo, quando Thomas Muller marcou o primeiro gol do jogo após uma cobrança de escanteio.

O Brasil não se abateu com o gol, e a torcida ainda apoiava a equipe, quando veio um apagão geral na equipe de Felipão! Miroslav Klose marcou o segundo gol da Alemanha e tornou-se o maior artilheiro das Copas, marcando seu 16° gol em Copas, ultrapassando Ronaldo Fenômeno. A Alemanha então desandou a marcar gols, com Kroos marcando duas vezes, aos 24 e 25 minutos, e Khedira deixando o seu aos 28 minutos.

Júlio César só pegava na bola para tirar do fundo das redes, enquanto que os jogadores da Alemanha entravam na área brasileira como bem queriam, deixando claro a superioridade alemã diante o Brasil.

Oscar, Fernandinho, Hulk e Fred, estavam totalmente apagados! Luiz Gustavo nada pôde fazer. Dante, que substituia Thiago Silva, ficou perdido na área e David Luiz, símbolo da Seleção Brasileira de Felipão, falhou duas vezes, no primeiro e no sexto gol.

O sexto gol, aliás, que veio no segundo tempo, com um belo chute de Schurrle, aos 23 do segundo tempo, foi facilitado com o golpe de vista de Júlio César, que ao invés de tentar espalmar a bola, ficou apenas olhando ela bater no travessão e entrar. Schurrle marcou ainda o sétimo gol da Alemanha, aos 33 do segundo tempo, e a Alemanha só não ampliou porque não pressionou mais.

Oscar marcou o gol de honra do Brasil, aos 44 do segundo tempo, mas foi somente para não perder de zero, já que nada mais podia ser feito…

REUTERS/Eddie Keogh

A Alemanha surpreendeu o Brasil e o mundo, jogou de forma fácil, com toques envolventes e muita objetividade, sem firulas, pedaladas e jogador se jogando no campo cavando faltas… O Brasil jogou feito time pequeno, não conseguia tirar a bola do adversário e era dominado facilmente, com o goleiro Neuer jogando mais como líbero do que como goleiro. Teve sorte de ser respeitado pela Alemanha, que só não marcou mais gols por pena do Brasil…


BRASIL 1 x 7 ALEMANHA

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data/Horário: 8/7/2014, às 17h
Árbitro: Marco Rodríguez (MEX)
Assistentes: Marvin Torrentera (MEX) e Marcos Quintero (MEX)
Cartão amarelo: Dante (BRA)
Cartão vermelho: –

Gols: Muller, aos 10’/1ºT (0-1); Klose, aos 22’/1ºT (0-2); Kroos, aos 24’/1ºT (0-3); Kroos, aos 25’/1ºT (0-4); Khedira, aos 28’/1ºT (0-5); Schurrle, aos 23’/2ºT (0-6); Schurrle, aos 33’/2ºT (0-7) e Oscar, aos 44’/2ºT (1-7)

BRASIL: Julio Cesar; Maicon, David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho (Paulinho – Intervalo) e Oscar; Bernard, Hulk (Ramires – Intervalo) e Fred (Willian – 34’/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

ALEMANHA: Neuer; Lahm, Boateng, Hummels (Mertesacker – Intervalo) e Howedes; Khedira (Draxler – 23’/2ºT), Shweinsteiger, Ozil, Kroos e Muller; Klose (Schurrle – 12’/2ºT): Técnico: Joachim Low.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s