Paolo Guerrero, um atacante “dengoso”, fica 15 dias fora do Corinthians

Por Charley Gima

O maior zagueiro do futebol brasileiro é a Dengue! A doença conseguiu parar o atacante do Corinthians Paolo Guerrero, que teve confirmado a suspeita da doença, após deixar o time sem seu futebol pelas quartas de final do Paulistão, quando amanheceu com febre e não pôde jogar.

No domingo, um boletim médico confirmou a doença em Guerrero, que deve ficar 15 dias de molho. segundo o departamento médico do Corinthians. Desta maneira, o atacante não poderá participar das finais do Paulistão e do clássico contra o São Paulo, em jogo válido pela Libertadores. Este é o segundo caso de Dengue no Corinthians este ano.

Guerrero é mais uma vítima da epidemia de dengue que assola o estado de São Paulo neste começo de 2015. Foram mais de 258 mil casos da doença registrados desde janeiro deste ano, segundo dados do jornal Folha de S. Paulo. Em todo o Brasil, uma pessoa é infectada a cada 20 segundos, uma verdadeira calamidade pública

O goleiro do Palmeiras, Aranha, também está com suspeita de Dengue e é mais uma vítima desta doença.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s