Santos vence o São Paulo e vai para sétima final seguida do Paulistão

Santos x São Paulo (Foto: Ivan Storti / LANCE!Press)

Por Charley Gima

Com gols de Geuvânio e Ricardo Oliveira, que agora é o artilheiro do Paulistão com 10 gols, o Santos venceu o São Paulo na Vila Belmiro e enfrenta o Palmeiras na final do Paulistão de 2015. Esta será a sétima final seguida que o Peixe irá disputar!

E, de quebra, o Santos acabou com o tabu de não ganhar do Tricolor, que já persistia nos últimos quatro jogos. Geuvânio marcou um golaço no primeiro tempo, pegando a bola na intermediária de sua defesa, percorrendo praticamente o campo todo e chutando da entrada da área do Tricolor, sem chances para Rogério Ceni.

O marcador foi aberto, mas logo em seguida Geuvânio passou mal em campo, vomitou e quase desmaiou, sendo necessário uma paralisação para atendimento do jogador.

No segundo tempo Ricardo Oliveira marcou seu gol e deixou o Peixe mais tranquilo, mas Luis Fabiano descontou para o São Paulo, o que deixou o jogo agitado até os últimos minutos, mas não teve jeito, o Peixe vai para a final enfrentar o Palmeiras.

Uma curiosidade para nossos leitores: das últimas três vezes que o Santos eliminou o São Paulo nas semifinais foi campeão do Paulistão, será que esse ano a magia se repete?

Ao Tricolor resta agora apostar todas as fichas na Libertadores e vencer o primeiro clássico do ano para manter-se vivo na competição continental porque este estadual já era!

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/Hora: 19 de abril de 2015, às 18h30 (de Brasília)
Juiz: Rapahel Claus (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Público/Renda: 13.459 pagantes / R$720.850,00
Cartões amarelos: Leandrinho (SAN); Wesley e Michel Bastos (SAO)

GOLS: Geuvânio, aos 35’/1ºT (1-0); Ricardo Oliveira, aos 30’/2ºT (2-0) e Luis Fabiano, aos 41’/2ºT (2-1).

SANTOS: Vladimir; Victor Ferraz, David Braz, Werley e Chiquinho; Valência (Lucas Otávio, 3’/1ºT), Renato e Lucas Lima; Geuvânio (Cicinho, 23’/2ºT), Robinho (Leandrinho, 28’/2ºT) e Ricardo Oliveira. Técnico: Marcelo Fernandes

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda (Luis Fabiano, intervalo), Rafael Toloi, Lucão e Carlinhos (Centurion, 25’/2ºT); Denilson, Hudson, Wesley, Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato. Técnico: Milton Cruz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s