São Paulo tira invencibilidade do Corinthians e avança para as oitavas da Libertadores

São-Paulo-X-Corinthians- Gol- de- Luis -Fabiano-Libertadores-FuteRock

Por Charley Gima

O São Paulo jogou como manda a cartilha do futebol, com muita vontade e eficiência, sem dar chances para o Corinthians, e venceu o clássico no Morumbi por 2X0, quebrando a invencibilidade do Timão no campeonato e na temporada, mostrando que o time de Tite não é imbatível, pelo contrário, dá sinais de fraquezas e já mostra estar em fase descendente.

O Tricolor não vencia o Corinthians no Morumbi desde 2007, há 13 jogos, e a pressão era grande, pois em caso de mais uma derrota, o Tricolor poderia ficar fora da Libertadores, acelerando a aposentadoria de Rogério Ceni. Mas deu tudo certo para o São Paulo. Aos 18 minutos, o árbitro Sandro Meira Ricci expulsou Emerson Sheik por agressão, após ele dar um leve chute no pé de Rafael Tolói, fora do lance de jogo. Isso facilitou a vitória do São Paulo.

São-Paulo-X-Corinthians-Libertadores-Michel-Bastos-FuteRock

Aos 31 minutos o Morumbi explodiu com o gol de Luis Fabiano, que chutou da entrada da pequena área e abriu o placar. Três minutos depois foi a vez de Michel Bastos ampliar, com um belo chute de fora da área, que teve contribuição de Cássio, que calculou mal a velocidade da bola após ela pingar na sua frente e entrar no fundo do gol.

Tudo parecia dar certo pro Tricolor, mas aos nove do segundo tempo, Mendoza, que havia entrado no lugar de Vágner Love, tentou dar um soco em Fabuloso, mas não o acertou. Mendoza foi expulso, levando vermelho direto, Luis Fabiano, recebeu o segundo amarelo, por simulação, e também foi para o chuveiro mais cedo.

Com três jogadores a menos a tendência era de que o jogo ficasse mais agradável e as oportunidades de gol surgissem com mais frequência devido aos espaços que se abririam, mas não foi o que aconteceu. O São Paulo se segurou, satisfeito com o placar, e o Corinthians se fechou para não levar mais. Aos gritos de “olé” Elias perdeu a cabeça, levou amarelo e logo em seguida agrediu Centúrion, mas o árbitro não mostrou o segundo amarelo, poupando mais um corinthiano de ser expulso.

Saldo do jogo: Tricolor classificado, invencibilidade do Timão quebrado e crise se instaurando em Itaquera.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO 2 X 0 CORINTHIANS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 22/4/2015 – 22h
Árbitro: Sandro Meira Ricci (SC)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho (SC) e Fabio Ferreira (SC)

Renda/Público: R$ 3.113.120 / 38.772 pagantes
Cartões Amarelos: Dória, Hudson, Reinaldo e Denilson (SPO); Danilo e Elias (COR)
Cartões Vermelhos: Emerson Sheik, 19’/1ºT, Luis Fabiano, 9’/2ºT e Mendoza, 9’/2ºT
GOLS: Luis Fabiano, 30’/1ºT (1-0), Michel Bastos, 38’/1ºT (2-0)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson (Centurión, 32’/2ºT), Souza, Hudson (Rodrigo Caio, 39’/2ºT), Ganso e Michel Bastos (Thiago Mendes, 36’/2ºT); Luis Fabiano  Técnico: Milton Cruz.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf, Elias, Jadson (Bruno Henrique, 15’/2ºT), Renato Augusto (Danilo, 24’/2ºT) e Emerson Sheik; Vágner Love (Mendoza, intervalo).  Técnico: Tite.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s