Na disputa de pênaltis, Santos é campeão Paulista de 2015

Santos-campeão=paulista-2015-Robinho-com-taça-FuteRock

Por Charley Gima

O Santos sagrou-se campeão Paulista mais uma vez, e desta vez foi em cima do Palmeiras, jogando na Vila Belmiro.

Antes da partida começar tivemos um fato inusitado, coisa que não vemos nem em jogos de várzea! O Palmeiras atrasou sua entrada no campo de forma proposital e quando subiu ao gramado, o hino nacional já estava sendo executado, um verdadeiro desrespeito com o público e o hino. O jogo começou morno, com o Palmeiras jogando com o regulamento embaixo do braço, já que havia feito 1X0 no primeiro jogo.

Djalma Vassão/Gazeta Press

O Santos apertava e o Palmeiras jogava no contra ataque. E tudo corria bem, até que Robinho, aos 29 minutos, recebeu um passe meio que sem querer de Valencia, e tocou de primeira para David Braz, que empurrou para o gol de Fernando Prass. O jogo continuou igual, apesar de placar adverso para o Verdão, até que em uma dividida no meio de campo, Ricardo Oliveira levou a melhor, matou a bola na coxa e chutou no canto direto de Fernando Prass, fazendo 2X0, e deixando o Peixe com a mão na taça, antes do término do primeiro tempo.

Tivemos ainda as expulsões de Dudu, pelo Palmeiras, e Geuvânio, pelo Santos, que se estranharam antes de uma cobrança de falta e o árbitro mostrou o cartão vermelho para os dois jogadores.

Palmeiras-Dudu-é-expulso-na-final-contra-o-Santos-na-Vila-Belmiro-FuteRock

Veio o segundo tempo, e esperava-se um Santos mais agressivo, já que haveria mais espaço devido às expulsões, e pelos jogadores nem terem descido para o vestiário no intervalo, ficando descansando no meio de campo. Mas não foi o que aconteceu. Oswaldo de Oliveira trocou Robinho por Cleiton Xavier, e o Palmeiras ficou mais ofensivo, com Vladimir parecendo em duas grandes defesas, em uma cabeçada dentro da área, e em um chute de fora da área de Zé Roberto.

Curiosamente o Santos passou a jogar no contra ataque e bateu seu primeiro escanteio somente aos 16 minutos do segundo tempo! Mas não deu pra segurar o ímpeto do Verdão, que diminuiu o placar aos 20 minutos do segundo tempo, quando Valdívia lançou Lucas, que recebeu na área, chutou fraco e venceu Vladimir, levando o jogo para a disputa de pênaltis com este placar.Veja as melhores imagens das decisões dos estaduais

O jogo continuou do mesmo jeito e Fernando Prass fez nova boa defesa em cobrança de falta de Ricardo Oliveira, evitando o terceiro gol do Santos. Pouco tempo depois, Victor Ramos, em uma lance atrapalhado, recebeu o segundo amarelo e foi expulso após acertar, sem violência, Valencia, na entrada da área do Palmeiras, deixando o Verdão com nove jogadores. Era um boa oportunidade para o Peixe não levar a decisão para a disputa de pênaltis, mas Chiquinho bateu mal e a bola foi para escanteio após a bola bater na barreira.

Com a nova expulsão, Valdívia foi substituído por Jackson aos 36 minutos, com Oswaldo de Oliveira,esperando só o fim do jogo. E o jogo teve emoção no final, quando aos 42 minutos, o Palmeiras teve um gol de Amaral anulado por impedimento, e logo em seguida Ricardo Oliveira perdeu um gol cara a cara com Fernando Prass, que salvou o Verdão!

E assim fomos para a disputa dos pênaltis. Loteria? Não, competência! E os jogadores do Santos foram mais competentes, acertando todos as cobranças, enquanto Rafael Marques e Jackson perderam suas cobranças, dando o título ao Peixe.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 1 PALMEIRAS

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/Hora: 3 de maio de 2015, às 16h (de Brasília)
Juiz: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Público/Renda: 14.662 pagantes / R$ 1.555.280
Cartões amarelos: Valencia e David Braz (SAN); Valdivia, Gabriel e Lucas (PAL).
Cartões vermelhos: Geuvânio, 45’/1ºT (SAN); Dudu, 45’/1ºT e Victor Ramos, 31’/2ºT (PAL) .

GOLS: David Braz, aos 29’/1ºT (1-0); Ricardo Oliveira, aos 43’/1ºT (2-0) e Lucas, aos 19’/2ºT (2-1).

SANTOS: Vladimir; Victor Ferraz, David Braz, Werley (Gustavo Henrique, 8’/2ºT) e Chiquinho; Valencia (Leandrinho, 38’/2ºT), Renato e Lucas Lima; Geuvânio, Robinho (Cicinho, 41’/2ºT) e Ricardo Oliveira. Técnico: Marcelo Fernandes.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel, Robinho (Cleiton Xavier, 8’/2ºT), Valdivia (Jackson, 32’/2ºT), Rafael Marques e Dudu; Leandro Pereira. Técnico: Oswaldo de Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s